Segurança no lugar que seu filho mais frequenta: a internet

Hoje a internet é o lugar preferido dos jovens e onde eles passam grande parte do tempo. Mas, apesar da facilidade tecnológica, a nova geração não sabe se proteger na rede.

E, sabemos, a internet pode ser um ambiente bastante perigoso, tanto pelo conteúdo que seu filho pode acessar precocemente, como por ser alvo preferido de alguns criminosos.

Uma boa conversa para alertar sobre os perigos e algumas atitudes simples podem minimizar muito os riscos.

 

Veja 5 dicas que preparamos para você:

 

1 – Explicar o perigo de repassar a senha a qualquer pessoa, mesmo para amigos.

 

2 – Mantenha o computador que seu filho usa em áreas comuns, como a sala de estar, e com o som aberto (sem fones de ouvido). Se ele usa no quarto, uma boa ideia é alterar as configurações do YouTube para vídeos próprios para menores. Veja como fazer no support do Youtube.

 

3 – Estabeleça horários para navegar e não deixe seus filhos conectados o dia todo.

 

4 – Oriente para que ele não poste detalhes da rotina nas redes sociais. Exemplo: onde está, os locais que frequenta e qualquer dado que possa facilitar a vida de alguém com más intenções.

 

5 – Muito cuidado com as fotos postadas. Em especial para as meninas. Lembre-se sempre que na internet entra quem quiser.

 

 

No entanto, vale ressaltar que controlar ou bloquear a vida online do adolescente pode deixá-lo ainda mais curioso para buscar novidades e entrar em sites não apropriados. Tente sempre dialogar, escutar suas questões e mostrar como ele pode evitar ser um alvo.