T-Rex quer participar da sua vida. Vamos falar sobre alertas?

Vamos relembrar o passo a passo para configurar alertas e viver muito mais tranquilo e seguro com a maior facilidade?

Se ainda não baixou nosso App, corra para a Apple Store ou Play Store. Basta clicar e instalar.

Depois, configure os alertas conforme a sua necessidade.

ALERTA LOCALIZAÇÃO

  1. Abra o T-Rex e selecione a pessoa de quem você gostaria de receber os alertas. Clique no ícone de configurações.
  2. Ative o alerta “Geo Fencing Alerts” e clique em “Add a new Geo Fencing alert”.
  3. Nomeie o lugar do qual você deseja receber a notificação (ex: casa, farmácia, clube) e escreva o endereço do local em “Procurar endereço”.
  4. Defina se você quer ser avisado quando a pessoa chegar ou sair do local e quantos metros de raio entorno deste local para que o alerta seja emitido
    (ex: receber alerta quando a pessoa sair do raio de 450m de casa).
  5. Selecione os dias da semana e o horário que você quer ser avisado. Depois é só clicar em “adicionar” e então em “salvar”.

ALERTA CHOQUE

  1. Abra o T-Rex e selecione a pessoa de quem você gostaria de receber os alertas. Clique no ícone de configurações.
  2. Ative o alerta “Detecção de choque” e clique em “Salvar”.

ALERTA DE BATERIA

  1. Abra o T-Rex e selecione a pessoa de quem você gostaria de receber os alertas. Clique no ícone de configurações.
  2. Ative o alerta “Nível mínimo de bateria” e defina quanto de bateria a pessoa precisa ter para você ser avisado (Ex: 15%). Depois é só clicar em “Salvar”.

Masterchef dentro de casa com os mais experientes.

Cozinhar é sempre uma forma de apurar criatividade e sentidos, além de tranquilizar e aproximar pessoas. Na terceira idade, isso fica ainda mais evidente. Entenda como incluir essa atividade na rotina da família e melhorar muito a autoestima dos idosos e a relação entre todos vocês.

A comida é poderosa. Traz tantas recordações, seja da infância, do talento culinário de alguém querido ou um prato experimentado em uma viagem. Quando a gente cozinha, explora ainda mais essas boas sensações e o melhor: tudo pode ser feito em conjunto, em família, e levar para os idosos uma função linda e agregadora.

 

Pitadas de segurança

Já falamos aqui como é importante se manter ativo na terceira idade. Às vezes, por falta de ânimo ou mesmo de incentivo, os idosos tendem a ficar cada vez mais isolados, o que pode causar uma sensação de solidão e resultar até em complicações de saúde.

Culinária é uma forma muito simples de aumentar essa sociabilização, aprender coisas novas, dividir o muito que se sabe e se sentir útil.

Seja em um almoço de família ou em aulas em grupo, incentive seus idosos a praticarem essa atividade. Eles podem conhecer pessoas novas e até iniciarem novas relações. E, em casa, se aproximarem ainda mais das pessoas queridas.

 

Uma boa dose de atividade cerebral

Quando cozinha, você precisa lembrar a receita, o modo de fazer e também pode criar novos pratos, realizando testes e experimentando. Tudo isso ativa as funções cerebrais, ajudando a evitar o Alzheimer e a demência.

Também, obviamente, precisamos realizar muitos movimentos (bater a massa, mexer a comida na panela, ralar algum ingrediente etc.) que auxiliam na melhora da coordenação motora.

 

Autoestima deliciosa

Quem já cozinhou na vida sabe como é bom alguém experimentar sua receita e gostar.

É isso que a culinária pode fazer pelo idoso. Imagine colocar seus filhos para aprender aquela receita deliciosa que só a avó ou avô sabem fazer? Ensinar nessa altura da vida pode gerar sensações genuínas de felicidade, afastando doenças como ansiedade e depressão.

 

Aproximando a família a gosto

Reunir a família naquele almoço especial preparado pelo idoso querido. Que programa mais cheio de amor e empatia.
A culinária promove esse encontro. Sem falar que pode até deixar de ser um hobby e tornar-se uma fonte extra de renda para ele.
Existem diversos idosos que ganham dinheiro vendendo bolos, tortas, doces e salgados com suas receitas únicas.

 

Incentive, apoie e se mostre presente. Comer e cozinhar é tudo de bom.

Que tipo de YouTubers seu filho anda vendo?

Todo adolescente está ligadíssimo no YouTube. Mas e você? Está ligada no que ele anda vendo todos os dias?

 

Crianças e adolescentes de hoje vivem o tempo todo conectados. Muitas vezes assistindo vídeos aos quais você não tem acesso ao conteúdo.

Trouxemos algumas reflexões sobre esse assunto tão importante no cotidiano. Afinal, seu filho pode estar consumindo uma influência altamente negativa diariamente.

Não vamos aqui fazer uma lista de nomes porque, além do mundo virtual ser muito rápido e se transformar constantemente, a ideia é apenas refletir sobre conceitos e entender se os YouTubers preferidos do seu filho não são uma péssima ideia.

 

Dicas principais para evitar:

– Os que gritam, falam palavrão demais e acham essa postura legal.

– Incentivam um comportamento e padrão de vida inacessíveis para a maioria.

– Indicam que as crianças e adolescentes assinem serviços, baixem Apps ou façam ligações pagas.

– Sejam preconceituosos e incentivem esse comportamento, mesmo que em forma de brincadeira.

– Tenham e exibam comportamento consumista, uma vida de exageros e ideias absurdas só para chamarem a atenção.

– Comportamentos estranhos e agressivos ao falarem com a família, amigos, mulheres etc. ou ao se referirem sobre os mesmos.

 

 

Dicas principais para liberar total:

– Os que oferecem conteúdo informativo ou provoquem reflexões interessantes.

– Convidam o jovem a pensar e se interessar em aprender.

– Reforçam comportamentos bacanas em sociedade.

– Tenham e exibam um estilo de vida de acordo, sem exageros e desperdícios.

– Valorizam as relações e têm respeito por elas.

– Ensinam os jovens a se defenderem e buscarem o próprio espaço, a independência de forma positiva e agregam valor à vida deles.

 

Claro que vigiar o tempo todo não é a ideia. Mas é sempre bom saber com quem eles estão se relacionando, ainda que como espectadores, assistir aos conteúdos e se informar muito. Só assim você vai poder ajudar seu filho a formar um senso crítico, sem ficar numa bolha, mas também sabendo escolher inteligentemente o conteúdo que consome desde já.

 

 

 

 

Fonte: Mãe de Adolescente

5 dúvidas cruéis da mãe de adolescente e 5 dicas ótimas!

Mãe é mãe. Está sempre da dúvida se fez a coisa certa e se pode fazer melhor. Aqui reunimos alguns dos principais conflitos da mãe moderna.

 

Adolescência, como sabemos, não é um período fácil nem pra mãe, nem pros filhos. Eles sofrem de muitas variações de humor, só querem sair com os amigos, passam o dia conectados e estão vivendo uma fase de muitas mudanças. Claro que uma dose maior de preocupação acompanha as mães nesse momento. Mas é importante sempre refletir se você não está passando dos limites, invadindo a privacidade ou mesmo impedindo que ele cresça capaz de resolver os próprios problemas.

 

Horas no celular pode?
Seus filhos não largam o celular e ainda se irritam quando você reclama. Bom, ninguém gosta de ser repreendido por alguma atitude que, teoricamente, não é errada. A sugestão aqui é que esse assunto seja mencionado em outro momento, em uma reunião de família, e sempre de forma descontraída e leve. Explique sobre os perigos de não sair do celular, que o tempo que passam juntos é importante e, de repente, já defina um período em que todos ficarão sem o aparelho. O horário das refeições, por exemplo.

 

Será que você está sufocando seu filho?
Se essa desconfiança apareceu, talvez já tenha algum exagero no seu cuidado. É comum uma preocupação maior, mas é necessário cautela. Às vezes a mãe se antecipa na tomada de decisões em nome do filho, com medo que ele faça a escolha errada. Se é o seu caso, pense que todo adolescente também precisa ter seu espaço e opiniões respeitados. Por mais que você se sinta insegura, fazer tudo por ele não deixa que ele pense por si mesmo e crie maturidade com independência no futuro. A liberdade é importante para o crescimento. Sua parte é analisar, mostrar os caminhos e explicar de forma amigável as vantagens e os perigos de cada decisão. E só.

 

Nem trabalhar, nem estudar. E agora?
Seu filho terminou o ensino médio e não quer nada com nada? Difícil situação, mas podemos tentar contorná-la com o máximo de respeito e sem brigas. Sair da adolescência e entrar na idade adulta é uma dificuldade pra eles. É encarar uma nova etapa e isso pode assustá-los. Uma conversa é sempre o melhor caminho para entender qual o problema de fato. Será que ele não sabe o que escolher, tem medo de fracassar ou simplesmente tem preguiça de seguir a vida com mais responsabilidade? Fale que compreende o incômodo de tocar no assunto, mas que todos precisam escolher um caminho. Afinal, certamente ele quer se sustentar e ser independente um dia. Dê liberdade para que ele escolha o próprio futuro, mas deixe claro que você está ali pra ajudar. Quem sabe uma terapia familiar pode ser uma alternativa ainda mais interessante?

 

Já é hora de falar sobre sexo?
Pra esse assunto, não tem hora certa. Você pode esclarecer as dúvidas conforme elas forem surgindo. Apesar de ser um tema que muitos pais consideram complicado, é preciso desmistificá-lo. Quanto mais natural soar o tema desde cedo, mais à vontade seu filho ficará para falar de sexo com você e fazer perguntas. E nada melhor do que você mesma orientá-lo. Tente não demonstrar constrangimento ou ficar intimidada diante de algo. Isso afasta os adolescentes e pode até fazer com que eles achem que sexo é algo negativo. Leveza, sempre.

 

Quero um filho maduro e independente.
Essa parte é simples e difícil ao mesmo tempo. A verdade é que muito de como você agir em casa vai refletir na personalidade do seu filho. Confiar, para que ele seja um adulto seguro e confiável. Entender para que ele também compreenda. Deixar que ele tome as próprias decisões e lide com as consequências para que ele seja responsável e independente. Alguns pais passam muito tempo trabalhando e têm pouco tempo com os filhos. É comum que nessas situações os pais façam tudo para compensar essa ausência. Mas o exagero pode criar uma dependência e incapacidade de passar por frustrações na vida sem se abalar. Você pode ajudá-lo a ser maduro tentando não antecipar o que pode acontecer com ele e deixar que ele viva seus próprios desafios.

 

Fonte: M de Mulher

Junte tempo e tranquilidade em um clique.

Com tantas coisas para fazer e compromissos para cumprir, temos que buscar alternativas para deixar nossa vida mais prática, sem abrir mão da segurança.

 

Você pode não gostar, achar difícil mexer, ter até um certo preconceito. Mas a verdade é que a internet e os apps são uma grande ajuda na vida da mãe moderna.

A falta de tempo pode nos deixar com grande ansiedade quando o assunto é proteger quem você ama. E aí entram esses aplicativos que podem facilitar sua vida, trazendo desde conforto, passando por dicas, ajudando a controlar a agenda, chegando na segurança da sua família toda.

Se você ainda não conhece T-Rex chegou o momento de descobrir todas as funcionalidades desse verdadeiro aliado da sua tranquilidade.

Além de saber onde está cada pessoa, vários alertas estão disponíveis de forma super prática.

O alerta de localização mostra o momento que o seu seguido sai ou chega em determinado local que você programar. O alerta choque é perfeito para idosos, pois mostra se a pessoa bateu, caiu ou se chocou com algo. E o alerta de bateria ideal para jovens, pois avisa quando a bateria do celular deles está acabando.

Conheça mais e traga praticidade para sua vida.

 

Baixe agora na Apple ou na Play Store.