Lembra daquela Copa?

Ative a memória do idoso que você ama com dicas simples.

 

A Copa está chegando e, com ela, muitas possibilidades de diversão. Inclusive para os idosos.

 

Sabemos que, com o tempo, nossa capacidade cognitiva e de memorização vão diminuindo por vários fatores. É aí que aparecem as doenças ligadas à perda de memória – sendo o Alzheimer a mais grave delas, que causam receio em toda a família. Essa preocupação é válida. Afinal, a perda de memória limita muito a independência do idoso.

 

Para retardar esse processo e manter a mente em boa forma, podemos incluir na rotina dele exercícios que estimulam o poder de concentração e de foco, ativando a memória. E o melhor: esses exercícios podem ser feitos de forma superdivertida, antes e durante o Mundial, e até na companhia de adolescentes.

 

Tentar adivinhar o nome dos jogadores pode ser uma brincadeira interessante durante os jogos. Aproveite que seu filho deve saber o nome de todos e promova um desafio familiar, envolvendo os idosos. Estabeleça momentos de aprendizado durante a semana para que vocês possam brincar durante as partidas e ele se prepare sem saber que está fazendo um exercício potente para o cérebro.

 

O tão famoso álbum de figurinhas também pode ser uma atividade muito saudável. Enquanto a família toda se envolve, você pode fazer perguntas e incentivar a colagem nos locais corretos. Funciona quase como um jogo da memória e pode atrair muito seus queridos.

 

É importante dizer que, paralelamente a essas atividades, é fundamental a conexão das relações afetivas. Esteja perto. Essa é a prevenção mais efetiva e poderosa em qualquer idade.

Comentários