Segurança começa em casa.

Dicas de como deixar a casa muito mais preparada para os idosos que você ama.

Não é só a idade que muda. Quando ficamos mais velhos, obviamente nosso corpo e cabeça passam por muitas transformações. Reflexos, equilíbrio e força dos ossos já não respondem da mesma forma. E aí, coisas simples como levantar da cama ou passar entre uma mesa e um sofá podem se tornar problemas frequentes.

Na rua, temos que ter cuidado redobrado com nossos idosos. Mas, em casa, alguns hábitos valiosos podem ser incorporados no dia a dia e facilitar muito a vida deles. Mesmo que eles morem sozinhos, você pode ajudar nessa questão com atitudes muito simples.

Preste atenção nos tapetes: Evite onde for possível. Como o caminhar do idoso é difícil e lento, os tapetes criam desníveis que podem dificultar a troca de passo. Além do pior: são escorregadios na maioria dos pisos. Se for essencial, prefira os antiderrapantes ou cole a parte de baixo com fita adesiva dupla face no chão.

Tire as escadas do caminho: se o idoso dorme em um quarto no piso superior, considere a ideia de adaptar os ambientes da parte de baixo. Se for impossível, opte por rampas ou barras de apoio.

Barras que seguram o perigo: falando em barras de apoio, elas são essenciais. Instale nos banheiros, portas de entrada, ao lado da cama para facilitar o levantar. O desequilíbrio é frequente e essa é uma ajuda simples e efetiva.

Não derrape: pisos antiderrapantes onde tem água – e sabão – evitam muitos acidentes. Principalmente nos banheiros, mas considere também cozinha e lavanderia.

Móveis amigos e caminho livre: cama, sofás, vaso sanitário e outros objetos que o idoso usa para suas atividades precisam ter uma altura confortável, que facilita o levantar/sentar/deitar. Esses ajustes geralmente são muito simples e é uma atenção que vale muito pelo conforto e segurança deles. Ah, e quanto menos objetos estiverem no caminho, melhor.

Iluminação: interruptores próximos da cama, das portas e sofás. Um abajur no criado-mudo também é uma ajudinha. Assim, se precisarem levantar no meio da noite, a luz vai evitar tropeços.

Ajudando a memória: a memória é uma das primeiras a falhar quando envelhecemos. Somando isso ao fato de que os idosos tomam muitos remédios, pode causar uma confusão total. Vamos ajudar? Etiquete as caixas, agrupe os medicamentos por horário, desenhe lua e sol por exemplo para facilitar a compreensão imagética sobre qual remédio se toma de noite e qual de manhã.

Ser idoso pode ser fácil e divertido com a sua ajuda. E, claro, muito mais seguro. Proteja quem você ama.

 

Já baixou o app T.Rex para acompanhar seus idosos queridos? Clique aqui.

Comentários