5 dúvidas cruéis da mãe de adolescente e 5 dicas ótimas!

Mãe é mãe. Está sempre da dúvida se fez a coisa certa e se pode fazer melhor. Aqui reunimos alguns dos principais conflitos da mãe moderna.

 

Adolescência, como sabemos, não é um período fácil nem pra mãe, nem pros filhos. Eles sofrem de muitas variações de humor, só querem sair com os amigos, passam o dia conectados e estão vivendo uma fase de muitas mudanças. Claro que uma dose maior de preocupação acompanha as mães nesse momento. Mas é importante sempre refletir se você não está passando dos limites, invadindo a privacidade ou mesmo impedindo que ele cresça capaz de resolver os próprios problemas.

 

Horas no celular pode?
Seus filhos não largam o celular e ainda se irritam quando você reclama. Bom, ninguém gosta de ser repreendido por alguma atitude que, teoricamente, não é errada. A sugestão aqui é que esse assunto seja mencionado em outro momento, em uma reunião de família, e sempre de forma descontraída e leve. Explique sobre os perigos de não sair do celular, que o tempo que passam juntos é importante e, de repente, já defina um período em que todos ficarão sem o aparelho. O horário das refeições, por exemplo.

 

Será que você está sufocando seu filho?
Se essa desconfiança apareceu, talvez já tenha algum exagero no seu cuidado. É comum uma preocupação maior, mas é necessário cautela. Às vezes a mãe se antecipa na tomada de decisões em nome do filho, com medo que ele faça a escolha errada. Se é o seu caso, pense que todo adolescente também precisa ter seu espaço e opiniões respeitados. Por mais que você se sinta insegura, fazer tudo por ele não deixa que ele pense por si mesmo e crie maturidade com independência no futuro. A liberdade é importante para o crescimento. Sua parte é analisar, mostrar os caminhos e explicar de forma amigável as vantagens e os perigos de cada decisão. E só.

 

Nem trabalhar, nem estudar. E agora?
Seu filho terminou o ensino médio e não quer nada com nada? Difícil situação, mas podemos tentar contorná-la com o máximo de respeito e sem brigas. Sair da adolescência e entrar na idade adulta é uma dificuldade pra eles. É encarar uma nova etapa e isso pode assustá-los. Uma conversa é sempre o melhor caminho para entender qual o problema de fato. Será que ele não sabe o que escolher, tem medo de fracassar ou simplesmente tem preguiça de seguir a vida com mais responsabilidade? Fale que compreende o incômodo de tocar no assunto, mas que todos precisam escolher um caminho. Afinal, certamente ele quer se sustentar e ser independente um dia. Dê liberdade para que ele escolha o próprio futuro, mas deixe claro que você está ali pra ajudar. Quem sabe uma terapia familiar pode ser uma alternativa ainda mais interessante?

 

Já é hora de falar sobre sexo?
Pra esse assunto, não tem hora certa. Você pode esclarecer as dúvidas conforme elas forem surgindo. Apesar de ser um tema que muitos pais consideram complicado, é preciso desmistificá-lo. Quanto mais natural soar o tema desde cedo, mais à vontade seu filho ficará para falar de sexo com você e fazer perguntas. E nada melhor do que você mesma orientá-lo. Tente não demonstrar constrangimento ou ficar intimidada diante de algo. Isso afasta os adolescentes e pode até fazer com que eles achem que sexo é algo negativo. Leveza, sempre.

 

Quero um filho maduro e independente.
Essa parte é simples e difícil ao mesmo tempo. A verdade é que muito de como você agir em casa vai refletir na personalidade do seu filho. Confiar, para que ele seja um adulto seguro e confiável. Entender para que ele também compreenda. Deixar que ele tome as próprias decisões e lide com as consequências para que ele seja responsável e independente. Alguns pais passam muito tempo trabalhando e têm pouco tempo com os filhos. É comum que nessas situações os pais façam tudo para compensar essa ausência. Mas o exagero pode criar uma dependência e incapacidade de passar por frustrações na vida sem se abalar. Você pode ajudá-lo a ser maduro tentando não antecipar o que pode acontecer com ele e deixar que ele viva seus próprios desafios.

 

Fonte: M de Mulher

Já sabemos quem vai ganhar nessa Copa: você.

Acompanhe as pessoas que você ama com T-Rex e ganhe toda a tranquilidade durante o mundial.

 

Filhos adolescentes vendo os jogos na casa de amigos ou bares, idosos na rua, confusão na cidade. Não fique insegura durante esse período cheio de diversão. A solução é simples. Com T-Rex você pode acompanhar todas as pessoas que quiser e ainda configurar alertas para saber em que momento eles saíram do destino ou se ultrapassaram a velocidade permitida.

 

Tudo muito prático, seguro e na palma da mão.

 

Se você ainda não baixou T-Rex, basta procurar na Apple Store ou Google Play. Ativar os alertas é intuitivo e simples. Veja como configurar o alerta de mudança de localização, por exemplo:

 

  1. Abra o T-Rex e selecione a pessoa para quem deseja configurar o alerta. Clique no ícone de configurações.

 

  1. Clique em ativar alertas e busque o alerta desejado (Alerta de lugar / Geo Fencing Alerts).

 

  1. Ative o alerta de lugar e clique para adicionar um alerta de Geo Fencing.

 

  1. Digite o nome para este lugar, o endereço, selecione o raio de alcance, selecione se deseja receber o alerta quando a pessoa entrar ou sair do lugar, dias da semana e o período do dia.

 

  1. Clique em adicionar e, em seguida, salve as configurações.

 

Pronto. Você receberá este alerta sempre que a pessoa entrar ou sair do lugar que você definiu, de acordo com a configuração

Coisa de vovó?

Como aprender tricô se tornou uma atividade cool, conquistando até adolescentes.

 

Para muita gente, tricotar é coisa de vó, mas a verdade é que fios e agulhas unem meninas, mulheres e senhoras apaixonadas por essa técnica que há um tempo virou moda e segue firme e forte na preferência dos hobbies. Em muitos casos, virou até trabalho.

Que tal aproveitar a chegada do outono e a proximidade do inverno para aprender a tricotar e quem sabe até ganhar dinheiro – ou no mínimo cachecóis, casacos e golas lindos feitos por você? E mais, é a atividade perfeita para unir as pessoas da família de qualquer idade.

Como se não bastasse, a atividade faz tão bem para a mente que algumas terapias até adotaram o tricô como exercício complementar de recuperação. Tricotar exercita a agilidade do cérebro, ao mesmo tempo que melhora a estabilidade emocional.

Quer conhecer alguns dos benefícios?

Reduz a ansiedade: isso acontece porque precisamos de muita concentração para fazer cada pontinho. Enquanto estamos lá, olhando para as agulhas, sem perceber tranquilizamos as emoções e neutralizamos sentimentos negativos. É quase o mesmo efeito da meditação.

Melhora a agilidade do cérebro: claro, qualquer atividade que requer coordenação mental e motora potencializa a atividade cerebral. Esse fato faz com que a técnica seja especialmente poderosa para pessoas mais idosas, pessoas com artrite ou reumatismo e para crianças com distúrbios motores.

Sociabilidade sem nó: como é uma ótima atividade em grupo, o tricô reúne grupos de prática e ajuda a trocar ideias e compartilhar experiências com outras pessoas.

Auto estima: toda nova habilidade faz a gente se sentir mais capaz. Além disso, o tricô é uma maneira de manifestar carinho, quando feito para amigos e familiares. É um meio para criar algo lindo, criativo e autoral. Pesquisas mostram que o tricô ajudou a melhorar os sintomas de muitas pessoas com depressão. Isso porque sua prática também libera serotonina.

Já comprou as agulhas? Que tal convidar seus filhos e idosos queridos para um grupo e produzir peças lindas para o outono?

Férias criativas. É possível encontrar programas legais sem viajar?

Falta pouco para as férias chegarem. E mesmo se você já planejou uma viagem, é uma boa ter na manga alguns programas divertidos e culturais que vão agradar o gosto superexigente dos adolescentes. Separamos algumas dicas pra você fazer sucesso nesse período ocioso.

 

Cinema

 

Nunca falha. Em especial porque nessa época surgem muitas estreias. A dica é escolher um filme que tenha tudo a ver com o universo deles. As superproduções sempre acabam agradando a família toda. E é um programa que pode se repetir toda semana, sem ser cansativo.

 

Conhecer galerias de arte mais descoladas ou a céu aberto

 

Que tal sair um pouco do circuito museus, que às vezes os jovens consideram monótonos? São Paulo, por exemplo, conta com várias galerias modernas e descoladas, algumas inclusive a céu aberto. Um tour nos pontos artísticos da cidade – como a Vila Madalena, por exemplo – pode ser uma chance de aprendizado e diversão no mesmo programa.

 

Cursos nada óbvios

 

As férias também podem ser ricas de informação, se a opção envolver um hobby do seu filho. Já que eles são verdadeiros fanáticos em postar fotos nas redes, por que não sugerir um curso de fotografia para incrementar essa habilidade? Se o seu filho tem inclinações gastronômicas, outra dica é um curso curto para iniciar essa paixão. A cidade fica cheia de opções nessa época do ano.

 

Kart

 

Nem é preciso dizer muito. Uma tarde ou noite no kart é convite irrecusável pra todo adolescente. E o legal aqui é que a família toda pode competir. E voltar várias vezes para a revanche.

 

Dia da beleza

 

Essa é exclusiva das meninas, mas é acerto garantido. Quem não gosta de passar o dia no cabeleireiro mudando o visual ou mesmo num SPA, cuidando da beleza?

 

Shows

 

Música é sempre algo interessante nesse universo. E é legal pra você também conhecer mais sobre seu filho. Dê uma busca nos shows que estão acontecendo na sua cidade.

 

Turista por um dia

 

Quando viajamos, a primeira coisa que fazemos é pesquisar os pontos turísticos da cidade e os lugares mais interessantes. Por que será que não fazemos isso onde moramos? Com certeza há muito que vocês ainda nunca viram. Dê uma chance e conheçam lugares lindos juntos.

Tentando achar o presente mais difícil? A gente te ajuda.

Chega o Natal e, com ele, a difícil tarefa de encontrar presentes perfeitos para toda a família. Sabemos que o mais complicado provavelmente será o do seu filho adolescente. Nessa fase, os gostos ficam mais exigentes, mas algumas opções são bem seguras. Reunimos aqui algumas para ajudar você nessa busca.

 

Livros
Parece chato, mas se você encontrar um assunto que ele goste, pode ser um presente muito acertado. As sagas, livros de séries (como Game of Thrones, por exemplo) ou livros fotográficos são opções bem interessantes.

 

Maquiagem
Dica pra meninas que é sucesso. Fácil de comprar, de acertar e de trocar.

 

Celular
Se você quiser investir um pouco mais, certamente vai ser o presente mais querido de todos. Principalmente se tiver a melhor câmera do mercado.

 

Fone de ouvido
Música nessa fase é uma expressão fortíssima. E há fones no mercado que são verdadeiros desejos para os adolescentes.

 

Skate, bike ou acessórios de esporte
Se o seu filho pratica algum esporte, esse é o tipo de presente que sempre vai agradar. Se quiser investir um pouco menos, aposte nos acessórios.