Seu filho anda brigando com a atenção e com as notas?

Dicas simples de como ajudar os adolescentes nessa fase cheia de cobranças e escolhas tão importantes.

Juntar adolescente e escola já é uma tarefa difícil, salvo exceções. Principalmente em uma época marcada por autoafirmação deles e do grupo de amigos. Também é o momento em que os conteúdos e matérias passam a ser cada vez mais complexos, exigindo mais concentração na aula e dentro de casa.

Mas não se preocupe. Temos algumas ideias para essa não ser uma missão impossível. E para que seu filho esteja seguro de que pode superar essa fase com o seu apoio.

 

Como começar a focar?

Em geral, o que causa a maioria dos problemas é a falta de atenção. Então, primeiro precisamos desenvolver o hábito de focar no que estamos fazendo. Claro que esse hábito não vai ser desenvolvido durante os estudos, mas podemos começar com atividades simples, do dia a dia. Por exemplo, estabeleça que durante as refeições os celulares precisam estar longe ou desligados. Aos poucos você vai perceber que focar é um desafio pra todos, não só para os adolescentes. A tecnologia tende a tirar da gente a capacidade de concentração. Imagine pra eles que estão conectados o tempo todo.

 

Ler, ler, ler.

Seu filho lê pouco? Infelizmente isso é muito comum em uma época em que os adolescentes estão lendo cada vez menos. Esse novo comportamento traz consequências duras na vida escolar porque escrever mal é apenas um dos sintomas de quem quase não lê. Incentive a leitura com revistas, livros ou outros materiais que abordem assuntos pelos quais ele mais se interessa. O ideal é que você leia as mesmas coisas para puxar assunto e instigar a curiosidade deles.

 

Escrever, escrever, escrever.

Que tal distribuir algumas tarefas simples, mas que podem ajudar muito na concentração? Por exemplo, você pode pedir que ele faça a lista de compras da casa. Ou deixar uma pergunta pra ele com alguma dúvida sobre um assunto – sempre do interesse dele – e pedir que ele escreva pra você. Colocar no papel as ideias é um bom jeito de focar no que você está pensando e fazendo.

 

Troca justa.

Faça um trato. Seu filho só pode fazer algo que gosta muito (jogar videogame, sair com os amigos etc.) depois de ler alguma matéria ou alguns capítulos de um livro. Você vai ver como a escrita dele melhorará muito com esse hábito. O treino começa em casa!

São mudanças simples mas, aos poucos, com uma rotina saudável de concentração dentro de casa, o foco nos estudos no momento da aula e a definição de prioridades podem evoluir muito.