Uma vida ainda melhor vem aí.

Envelhecer é viver. E você pode se preparar para chegar na melhor idade de um jeito muito mais saudável e feliz.

 

Atitude é tudo.

A maioria das pessoas têm medo de envelhecer, sem pensar que é o caminho natural da vida. A velhice precisa ser encarada como uma fase como qualquer outra: para ser boa, é uma questão de ponto de vista e atitude.

Que tal olhar pra ela como uma amiga que você precisa receber bem? A positividade comprovadamente muda tudo. E é ela que alimenta também as relações, a grande chave para uma vida gostosa e leve. Pesquisas mostram que as pessoas com amigos e uma vida social movimentada têm 50% a mais de chances de viver mais em relação àquelas pessoas que não saem de casa.

 

Alimente-se do que é bom.

O que você consome agora reflete no futuro. Isso não é novidade, mas a gente sempre esquece. Viver o presente é bom, mas com consciência e bom senso pra não pagar as contas no futuro. Pesquisas indicam que, para envelhecer com uma boa qualidade de saúde, é bom evitar alimentos ricos em açúcar e consumir frutas, vegetais frescos, grãos integrais e carnes magras.

As recomendações incluem o consumo de peixe pelo menos duas vezes por semana, a diminuição do sal e a preferência por alimentos naturais. Assim conseguimos diminuir o risco de desenvolver doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais etc. Para uma pele saudável e com aspecto mais jovem, devemos consumir alimentos ricos em ômega-3 e, claro, beber muita água.

Mas o grande fator aqui é o equilíbrio. Faz parte comer aquilo que você gosta muito, vez ou outra, pra viver feliz. O ideal é marcar uma consulta com o nutricionista, que vai indicar os alimentos legais para seu tipo de corpo e vida.

 

A vida é movimento.

Se mexer – em todos os sentidos –  é fundamental para quem quer ter uma vida longa e saudável. Isso inclui atividades físicas e mentais. É sempre bom se propor novos desafios.

As mulheres perdem, em média, 23% de massa muscular entre os 30 e os 70 anos de idade, sabia? Então, considere começar já uma atividade se ainda não é seu caso. Musculação é ideal para aumentar a força muscular, mas as opções são infinitas: funcional, pilates, ioga ou até aulas de dança.

O físico e o mental estão intimamente ligados. A relação se dá porque as atividades físicas estimulam o hipocampo, região cerebral associada à aprendizagem.

E, claro, quando parar, pare direito. Dormir bem é fundamental. Insônias frequentes também contribuem para o aumento de peso e a chance de desenvolver doenças cardíacas. Não se acostume a dormir mal. Preste atenção no seu sono e, se necessário, procure ajuda.

 

Lembra do conselho “Use filtro solar”? Leve a sério.

Filtro solar deve ser a única forma conhecida de evitar o envelhecimento precoce da pele. Quem se expõe demais aos raios solares sem o milagroso protetor, claramente tem mais chances de desenvolver rugas, manchas e, óbvio, câncer de pele.

O desafio acontece porque a exposição ao sol também é recomendada para que nosso corpo absorva Vitamina D. A dica é se expor ao sol poucos minutos sem protetor em horários de menor perigo: até às 9h da manhã e depois das 16h. No restante, protetor solar sem pensar duas vezes, todos os dias.

Aproveite a vida com tranquilidade. Quer ficar ainda mais segura? Baixe agora T-Rex e acompanhe os passos de quem você ama.

Clique aqui. 

Segurança começa em casa.

Dicas de como deixar a casa muito mais preparada para os idosos que você ama.

Não é só a idade que muda. Quando ficamos mais velhos, obviamente nosso corpo e cabeça passam por muitas transformações. Reflexos, equilíbrio e força dos ossos já não respondem da mesma forma. E aí, coisas simples como levantar da cama ou passar entre uma mesa e um sofá podem se tornar problemas frequentes.

Na rua, temos que ter cuidado redobrado com nossos idosos. Mas, em casa, alguns hábitos valiosos podem ser incorporados no dia a dia e facilitar muito a vida deles. Mesmo que eles morem sozinhos, você pode ajudar nessa questão com atitudes muito simples.

Preste atenção nos tapetes: Evite onde for possível. Como o caminhar do idoso é difícil e lento, os tapetes criam desníveis que podem dificultar a troca de passo. Além do pior: são escorregadios na maioria dos pisos. Se for essencial, prefira os antiderrapantes ou cole a parte de baixo com fita adesiva dupla face no chão.

Tire as escadas do caminho: se o idoso dorme em um quarto no piso superior, considere a ideia de adaptar os ambientes da parte de baixo. Se for impossível, opte por rampas ou barras de apoio.

Barras que seguram o perigo: falando em barras de apoio, elas são essenciais. Instale nos banheiros, portas de entrada, ao lado da cama para facilitar o levantar. O desequilíbrio é frequente e essa é uma ajuda simples e efetiva.

Não derrape: pisos antiderrapantes onde tem água – e sabão – evitam muitos acidentes. Principalmente nos banheiros, mas considere também cozinha e lavanderia.

Móveis amigos e caminho livre: cama, sofás, vaso sanitário e outros objetos que o idoso usa para suas atividades precisam ter uma altura confortável, que facilita o levantar/sentar/deitar. Esses ajustes geralmente são muito simples e é uma atenção que vale muito pelo conforto e segurança deles. Ah, e quanto menos objetos estiverem no caminho, melhor.

Iluminação: interruptores próximos da cama, das portas e sofás. Um abajur no criado-mudo também é uma ajudinha. Assim, se precisarem levantar no meio da noite, a luz vai evitar tropeços.

Ajudando a memória: a memória é uma das primeiras a falhar quando envelhecemos. Somando isso ao fato de que os idosos tomam muitos remédios, pode causar uma confusão total. Vamos ajudar? Etiquete as caixas, agrupe os medicamentos por horário, desenhe lua e sol por exemplo para facilitar a compreensão imagética sobre qual remédio se toma de noite e qual de manhã.

Ser idoso pode ser fácil e divertido com a sua ajuda. E, claro, muito mais seguro. Proteja quem você ama.

 

Já baixou o app T.Rex para acompanhar seus idosos queridos? Clique aqui.

Melhor idade: eles envelhecem bem e você ajuda no processo.

Há algum tempo, a perspectiva da geração de idosos vem mudando para muito melhor. A terceira idade já vem sendo chamada de “melhor idade”, justamente porque deixou de ser vista como um período de reclusão, solidão e, principalmente, paralisação.

Muitos idosos estão definindo uma segunda carreira, novos hobbies e interesses, além de se preocuparem com a saúde e mudarem hábitos para viver mais e melhor. O avançar da idade pode sim representar um mundo de oportunidades.

Você pode ajudar nesse processo, tudo com a maior segurança. T-Rex também é um app perfeito para acompanhar essa geração. De longe, você pode criar alertas de queda, de bateria, de velocidade e, claro, também acompanhar a rotina deles, com muita tranquilidade.

Enquanto T-Rex está perto das pessoas que você ama, vamos entender como estimular uma rotina cada vez mais saudável e descontraída?

Atividade física: para amenizar os primeiros sintomas da velhice, como ossos frágeis e organismo lento, nada melhor do que movimentar o corpo e o sistema cardiovascular. Hidroginástica, caminhadas e pilates são muito recomendados por serem atividades de baixo impacto. Além dos efeitos de longo prazo, as atividades físicas liberam serotonina, o hormônio responsável pelo bem-estar e que pode evitar doenças como a depressão.

Independência: pessoas na terceira idade estão cada vez mais independentes das famílias. Claro que estar longe deles gera preocupação, mas T-Rex pode ajudar muito nesse momento. Com a tranquilidade garantida, você pode e deve estimular viagens com amigos, idas ao cinema, uma descoberta de um novo estudo e, por que não, o recomeço de uma profissão diferente.

Exames preventivos: o idoso de hoje já entendeu que adotar a prevenção ajuda a garantir a boa saúde durante o envelhecimento. Ou seja, ir ao médico não só quando se sente mal. Isso é muito importante e deve ser estimulado porque algumas doenças são silenciosas e assintomáticas. Esse acompanhamento é fundamental para facilitar o tratamento e aumentar muito as chances de cura.

Lembre-se: a saúde mental e a tranquilidade são essenciais para uma vida longa e feliz.

A nova cara da segurança.

T-Rex já está disponível. Baixe agora.

Já está disponível para Google Play e Apple Store o app T-Rex. Um jeito prático e simples de monitorar a segurança de quem você ama.

T-Rex conta com uma série de funcionalidades para você acompanhar os passos dos seus filhos e até idosos.

Você tem acesso a um mapa particular e definir locais, limites de velocidade e muitas outras facilidades dentro do círculo que você escolher. Você pode observar seus filhos, incluir o pessoal do colégio, os pais de amigos, a babá e quem você achar importante para se sentir mais segura.

T-Rex foi feito para isso: garantir a segurança dos filhos  e a tranquilidade dos pais.

Quer conhecer mais detalhes? Clique aqui e assista o vídeo que preparamos para você.

Siga também nossas redes sociais para saber em detalhes sobre cada funcionalidade.

Facebook

Instagram 

Descubra as facilidades que os aplicativos podem trazer para a sua rotina

Dividir seu tempo entre trabalho, casa, diversão e, claro, filhos. Nem parece que o dia tem só 24h e elas nunca parecem suficientes pra dar conta de tantas atribuições. Se você não é muito amiga da tecnologia, é hora de dar uma chance. Preparamos uma listinha de aplicativos amigos da mãe. Facilidades pra você ganhar tempo e tranquilidade. Todos gratuitos e com versões disponíveis para Android ou iOS. Basta buscar pelo nome na Play Store ou na Apple Store.

 

Waze

Bem conhecido. Se você ainda não baixou, esse é o momento pra economizar seu tempo. O app sugere o melhor caminho para os lugares que você quer ir, com base em informações sobre o tráfego da cidade. Ou seja, o trajeto mais rápido para qualquer destino. O interessante é que é totalmente colaborativo: os dados são alimentados pelos próprios usuários. Você também pode ajudar, avisando sobre acidentes ou informando se há muito trânsito na rua que você está.

Baixa no Android / iOS

 

Caixa de Remédios

Seus filhos estão tomando remédios e você fica com receio de esquecer de algum? O Caixa de Remédios existe pra facilitar essa parte. O app te lembra a hora certa de tomar, busca preços e ainda dá informações sobre as substâncias presentes nos medicamentos.

Baixa no Android / iOS

 

MeuCarrinho – Lista de Compras

Seu mais novo melhor amigo: um organizador supereficiente de listas de supermercado. Oferece uma lista de referência, com itens separados por categorias, como comidas prontas, frutas, legumes etc. Você também pode anotar preços e promoções para economizar na hora de pagar.

Baixa no Android / iOS

 

T-Rex

É o nosso aplicativo, então podemos recomendar sem inseguranças. T. Rex foi pensado quase como um elo entre mães e filhos. Com ele, você sabe exatamente onde seu filho está, o tempo todo, além de outras facilidades pra deixar você mais tranquila e ele sem se sentir invadido. O app tem uma linguagem simples e próxima pra apresentar tudo da forma mais transparente possível.

Baixa no Android / iOS

 

Saída da Escola

Simples: você instala e cadastra seus filhos e os locais onde costuma ir buscá-lo. Depois, quando sair de casa ou do trabalho, é só indicar o destino. Ao se aproximar dele, o aplicativo envia uma notificação para a escola, por exemplo, para que eles agilizem a entrega da criança.

Baixa no Android / iOS

Seu filho cresceu e quer sair de casa sozinho. E agora?

 

Claro que a segurança de crianças e adolescentes é a prioridade de qualquer mãe. Mas como fazer para evitar expô-los à violência, sem interferir no dia a dia normal?

A melhor maneira de lidar com a situação é prepará-los desde cedo para o momento de sair de casa sozinhos ou com amigos. E, para isso, uma boa conversa é fundamental.

 

Balada: garanta que ele está bem acompanhado

 

A chegada e saída de bares e baladas são alguns dos momentos de risco. Neste caso, o ideal é que você leve pessoalmente seu filho ou, se estiverem em grupo, que combinem quais pais (e em quais horários) serão responsáveis por levá-los e trazê-los. Se puder, deixe um celular disponível para seu filho, para que vocês possam se falar com facilidade.

Um grande vilão no entorno da escola: celular

 

A saída da escola também costuma ser um ambiente propício para alguns incidentes. Instrua seu filho sobre deixar celular, câmeras ou qualquer equipamento eletrônico à vista. Nunca é recomendável usá-los fora de um ambiente seguro para não atrair a ação de criminosos – que estão sempre atentos para nos pegar desprevenidos. E o celular, principalmente, nos deixa completamente distraídos. Também oriente para que ele busque sempre a ajuda de seguranças ou policiais, caso se sinta perdido ou assustado.

Caso seu filho vá a pé para a escola, tente combinar uma caminhada em grupo com os vizinhos que façam o mesmo trajeto. Assim eles podem ir e voltar juntos.  

 

Cuidado com detalhes sobre a vida pessoal

 

Muito importante também é que ele não comente com outras pessoas sobre sua vida, bens que possui, profissão dos pais, sua rotina. Claro que trocamos esse tipo de informação com amigos, mas é sempre bom ficar atento.

 

Atenção na sua bolsa: mães também são alvo

 

Você também pode tomar atitudes mais cuidadosas nesses momentos. Por exemplo, sempre entregue dinheiro a seu filho dentro de casa. Evite mexer em bolsas ou carteiras, seja na saída de casa, no trânsito ou nas proximidades da escola.

 

São medidas simples que podem tranquilamente se encaixar no seu dia a dia e prevenir os jovens da realidade em que vivemos. E que também vão deixar você mais segura.

Segurança no lugar que seu filho mais frequenta: a internet

Hoje a internet é o lugar preferido dos jovens e onde eles passam grande parte do tempo. Mas, apesar da facilidade tecnológica, a nova geração não sabe se proteger na rede.

E, sabemos, a internet pode ser um ambiente bastante perigoso, tanto pelo conteúdo que seu filho pode acessar precocemente, como por ser alvo preferido de alguns criminosos.

Uma boa conversa para alertar sobre os perigos e algumas atitudes simples podem minimizar muito os riscos.

 

Veja 5 dicas que preparamos para você:

 

1 – Explicar o perigo de repassar a senha a qualquer pessoa, mesmo para amigos.

 

2 – Mantenha o computador que seu filho usa em áreas comuns, como a sala de estar, e com o som aberto (sem fones de ouvido). Se ele usa no quarto, uma boa ideia é alterar as configurações do YouTube para vídeos próprios para menores. Veja como fazer no support do Youtube.

 

3 – Estabeleça horários para navegar e não deixe seus filhos conectados o dia todo.

 

4 – Oriente para que ele não poste detalhes da rotina nas redes sociais. Exemplo: onde está, os locais que frequenta e qualquer dado que possa facilitar a vida de alguém com más intenções.

 

5 – Muito cuidado com as fotos postadas. Em especial para as meninas. Lembre-se sempre que na internet entra quem quiser.

 

 

No entanto, vale ressaltar que controlar ou bloquear a vida online do adolescente pode deixá-lo ainda mais curioso para buscar novidades e entrar em sites não apropriados. Tente sempre dialogar, escutar suas questões e mostrar como ele pode evitar ser um alvo.