Um pequeno grande aliado para os idosos. Leia agora!

A gente sabe que ler faz bem em todos os sentidos. Mas sabia que pode ser ainda mais rico para a terceira idade e trazer benefícios muito importantes?

Muitas pesquisas mostram que a leitura é um ótimo exercício para melhorar a atividade cerebral. É uma grande aliada da memória porque estimula o cérebro e reduz os riscos de qualquer tipo de demência, até prevenindo o desenvolvimento de doenças sérias como o Alzheimer.

Os livros também nos apresentam culturas e lugares totalmente diversos, o que aumenta nossa empatia e nossa flexibilidade. Também diminui e aprimora nossa linguagem, melhorando a comunicação.

 

Mas como adquirir o hábito?

Sugira para o idoso que você ama livros com os assuntos do interesse dele. E comece buscando fontes mais fáceis e práticas de ler como notícias, romances e até posts na internet!

Para criar o hábito é fundamental ler um pouco todos os dias. Conforme vamos gostando da leitura, é natural que vire uma rotina e fique mais fácil incluir leituras mais longas.

 

Nunca é tarde para começar. Preparamos algumas dicas que podem atrair muito a terceira idade.

  1. Como transformar a terceira idade na melhor idade – Dr. Luiz Freitag
  2. Conversas e memórias – Narrativas do Envelhecer – Gonçalo Luiz de Melo e Adriana Rodrigues Domingues
  3. Para sempre Alice – Lisa Genova
  4. A montanha mágica – Thomas Mann
  5. Qualidade de vida na velhice – Anita Liberalesso Neri

Envelhecer bem vivendo o hoje.

Você está se preparando para envelhecer? Por que a longevidade é um assunto tão pouco discutido, mesmo sendo tão importante?

 

Você vive preocupada com o trabalho e a quantidade de dinheiro que está conseguindo acumular para aproveitar muito a vida quando ficar velho? Esses podem ser as principais causas de ansiedade, do estresse e da depressão, os grandes males atuais que estão prejudicando a vida de milhões de pessoas.

Ou você é aquela que imagina a velhice como uma fase triste e solitária e nem quer pensar nisso?

Equilíbrio é a chave para envelhecer bem, sem esquecer do bem-estar de hoje. Para alcançar e manter essa harmonia ao longo da vida, é preciso ter algumas mudanças de comportamento ou manter as boas práticas que você já segue.

 

 

Cuide das relações e da mente

Manter relações saudáveis com a família e amigos é fundamental, assim como cuidar da mente. Ler, aprender algo novo e cultivar afeto e bons sentimentos é essencial para uma vida feliz e tranquila. Isso se reflete ao longo do tempo, além de estabelecer fortes laços, o que realmente importa na vida.

 

 

Economizar com bom senso

Não guarde dinheiro loucamente de forma a comprometer o seu presente. E também não pense que é um investimento só para viajar e sim para viver esta fase de maneira sociável. Também precisamos pensar que na velhice é comum ficar mais doente, isto é, gastar mais remédios. Um assunto chato, mas é necessário ser realista, uma velhice só pode ser bem se for planejada.

Outro ponto importante: não conte apenas com a aposentadoria. Que tal pensar em uma previdência privada?

 

Saúde

Quanto mais cedo começarmos a cuidar do corpo e da alimentação, melhor. O corpo tem mesmo memória e a prática de exercícios físicos é essencial para o futuro, quando os movimentos inevitavelmente ficarão mais limitados. Coma bem e com equilíbrio. E, claro, pense em fazer um plano de saúde. Ninguém pensa em ficar doente, mas a terceira idade pede cuidados e precauções.

 

No fundo, envelhecer é ter experiências, histórias pra contar e sabedoria. Só por isso já pode ser considerada a melhor etapa da vida.